PERFIS DE AÇO GALVANIZADO

Pefis de aço galvanizado

Pefis de aço galvanizado

Pefis de aço galvanizado

Pefis de aço galvanizado

Pefis de aço galvanizado

Aço é uma liga metálica formada essencialmente por ferro e carbono, com percentagens deste último variáveis entre 0,008 e 2,11%. Distingue-se do ferro fundido, que também é uma liga de ferro e carbono, mas com teor de carbono entre 2,11% e 6,67%.

Definição

A expressão perfil, conforme a empregamos neste site, refere-se a peças fabricadas a partir de chapa de aço revestida com zinco pelo processo contínuo de galvanização por imersão a quente, que adquirem a sua forma final mediante um processo industrial de conformação ou moldagem a frio. Os aços estruturais são aqueles que, devido à sua resistência, ductilidade e outras propriedades são adequados para uso em elementos da construção sujeitos a cargas. Consoante o tipo de liga metálica e espessura dos perfis, estes poderão ter fins resistentes ou estruturais, além da sua aplicação em divisórias de espaços. Os perfis poderão ser usados para a construção de paredes exteriores e interiores, lajes e coberturas. Nestas últimas aplicações, também costumam ser designados por vigas. A cada perfil corresponde um canal, ou raia. Trata-se de uma peça metálica, fabricada a partir da mesma chapa, cujo interior permite receber, por encastramento, o perfil respectivo. Existem ainda outro tipo de perfis para fins menos comuns, tal como as cantoneiras.

Fabrico

Os montantes e vigas utilizados nas estruturas das construções em AÇO são fabricados a partir de chapa de aço galvanizado por imersão em zinco quente. Depois das bobines de aço serem cortadas em tiras de menor largura, a chapa é então moldada a frio na forma desejada. Os formatos usados nas estruturas em AÇO são obtidos por perfilagem sendo as formas básicas o canal de abas simples e o de abas compostas, também conhecido por perfil em C.

Galvanização

A galvanização permite garantir a durabilidade das peças metálicas durante centenas de anos. A engenharia empregue visa tornar a estrutura resistente a catástrofes tal como sismos. Mesmo que a estrutura sofra danos extensos numa situação dessas, o baixo peso dos elementos empregues aumenta significativamente as hipóteses de sobrevivência dos ocupantes. Para permitir a flexibilidade da estrutura, todos os elementos metálicos são aparafusados entre si. O revestimento do esqueleto metálico, usualmente efectuado pela aplicação de placas OSB, também é calculado para aumentar a resistência do inteiro conjunto da estrutura.

Características técnicas

Secções C, U e L: Os perfis montantes resistentes com secção C90 e C150 costumam ser usados na montagem de paredes, suportando cargas verticais. Por sua vez, os perfis ou vigas C200 e C250 são usados na montagem de pisos e coberturas. Os canais com secção U servem exclusivamente para a ligação das extremidades dos perfis C, permitindo que funcionem em conjunto e não podem ser usados para receber cargas verticais. A sua função é de transferência de cargas laterais. As cantoneiras, com um perfil em L, servem essencialmente como elementos de reforço pontual na conexão de diversos componentes.

Espessura: Estas peças variam tanto na secção como na espessura conforme o fim a que se destina o elemento estrutural. Para as paredes é comum usarem-se espessuras entre os 0,8 e os 1,5 mm. Para pisos e telhados é usual o emprego de peças até aos 2,5 mm de espessura.

Peso: Os perfis utilizados na execução da estrutura dos edifícios em AÇO são fabricados a partir de chapa de aço galvanizado. Usualmente, estes perfis são vendidos a peso e não à unidade. Estes perfis, junto com os restantes materiais aplicados, contribui significativamente para o baixo peso dos edifícios, o que resulta em melhor desempenho da estrutura em caso de sismo. A fórmula para calcular o peso de cada um destes elementos metálicos é a seguinte:

Desenvolvimento x Espessura = Área da Secção x Densidade do aço = Peso por metro linear de perfil

O termo desenvolvimento refere-se à medida da largura de uma chapa de aço lisa antes desta ser moldada no formato final. A densidade média do aço é de 7.860 kg/m3.


SE O AÇO É O IDEAL PARA CONSTRUIR OS EDIFÍCIOS MAIS ESPETACULARES DO MUNDO

PORQUE NÃO CONSTRUIR A SUA CASA DA MESMA FORMA?

CONTACTE-NOS

Aviso! Este website utiliza cookies.

Estes são utilizados para melhorar a sua experiência de navegação. Saber mais

Compreendo
Os cookies são pequenos ficheiros de texto armazenados no computador do utilizador aquando da visita a determinados websites. Em alguns casos, são eliminados após essa visita. Noutros são mantidos para visitas posteriores. O uso de cookies no acesso a websites é uma prática usual e os vários navegadores (browsers) permitem que cada utilizador possa recusar a sua utilização, bem como eliminar os que foram já criados.

As páginas de Internet da Espaços com Vida podem usar cookies para melhorar a navegação dos Utilizadores. É assim possível melhorar a utilização e visualização dos websites, tornando-a mais simples e rápida, possibilitando uma experiência de navegação mais interessante e dinâmica.